Logicalis ajuda grande varejista brasileiro na conversão de suas lojas

Cenário

Uma das maiores redes varejistas do Brasil está em pleno processo de reestruturação. O grupo iniciou o ano de 2022 buscando focar nas lojas de melhor rentabilidade e performance e na aceleração de sua operação de plataforma digital, convertendo suas grandes lojas para modelos mais enxutos, focado em alimentação e proximidade.

A reestruturação envolveu diversas lojas, sendo vendidas para uma grande rede de Atacarejo e outras que serão convertidas para nova estrutura. A mudança teve reflexos na área de TI, o que levou a rede a buscar um fornecedor que pudesse fazer a chamada desmobilização de todas as lojas, a mobilização de parte delas e, nestas, a configuração dos novos equipamentos.

Solução

Depois de um processo de análise, a Logicalis foi a escolhida para a realização do projeto. Além de ter sido uma das empresas responsáveis pela implementação da infraestrutura de TI existente nas lojas, o que a tornou referência técnica para a definição do escopo do projeto, ela foi a única a garantir a realização do projeto em todo o Brasil.

Para realizar o projeto, a Logicalis dividiu processo de atuação em três frentes. Inicialmente, a desmobilização das lojas vendidas, o que envolve a realização de todo o inventário de tecnologia de cada loja, o clean-up e formatação de fábrica dos equipamentos, e sua embalagem para a realização de logística reversa.

A segunda frente prevê a conversão das lojas que serão readequadas ao novo modelo de funcionamento. Aqui, a equipe da Logicalis está realizando o reconhecimento do site, o desenho da arquitetura de redes e a entrega do relatório de wireless site survey, indicando os caminhos para a implementação da rede wi-fi de cada uma. Por fim, a terceira frente inclui a configuração dos equipamentos que serão implementados em cada uma destas lojas.

O projeto também prevê toda a inteligência e operação envolvidas nos processos de desmobilização e conversão das lojas. Para isso, estão envolvidos os times de redes e infraestrutura, além do time de engenharia de projetos, que responde pela gestão da inteligência do negócio.

Benefícios

Ao final do projeto, o cliente terá suas lojas desmobilizadas e novas lojas convertidas para o novo modelo. Todos estes ambientes estão espalhados pelo Brasil, gerando mínimo impacto na tecnologia e possíveis perdas de vendas.

Além disso, as entregas acontecem dentro do cronograma estabelecido, a fim de não impactar a estratégia comercial do negócio. Desta forma, aumentando a rentabilidade da rede e melhorando, ainda mais, a experiência do seu consumidor final.