Instituição financeira ganha agilidade e reduz custos com telepresença

Cenário

Com escritórios espalhados por todo o País e unidades em diversas grandes cidades do mundo, o Itaú contabilizava altos custos com deslocamento de executivos, incluindo transporte, hospedagem e, principalmente, tempo dos profissionais. Para reduzir esses custos, a instituição financeira decidiu melhorar e ampliar os recursos de comunicação por vídeo, investindo em um sistema de telepresença.

Solução

A solução de colaboração por imagem da PromonLogicalis, que combina áudio e vídeo em rede IP, foi escolhida para garantir que os executivos pudessem desfrutar dos mesmos benefícios das reuniões presenciais, porém reduzissem o tempo e o capital gastos com os constantes deslocamentos.
Foram instaladas mais de 20 salas de telepresença – de diferentes portes e usando diversos tipos de equipamentos – nos escritórios do Itaú em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Londres, Nova Iorque e Miami.

Entre as tecnologias utilizadas, estão os sistemas Cisco CTS 3000 – com três telas de 65 polegadas e capacidade para até 18 pessoas –, Cisco CTS 1300 – que conta com uma tela de 65 polegadas e pode atender até seis pessoas simultaneamente – e Cisco CTS 500, pessoais. Além disso, o sistema proprietário de videoconferência do cliente foi mantido e integrado aos novos equipamentos.

Resultados

Os benefícios do projeto já vêm sendo sentidos pela instituição financeira. Em 2010, 653 reuniões foram realizadas – mais de 2 reuniões por dia útil –, o que permitiu que 100 viagens internacionais não fossem realizadas e que 33 mil quilômetros de deslocamentos de carro fossem evitados. Além da diminuição dos custos operacionais, a solução garantiu mais agilidade na tomada de decisão e maior produtividade.