Varejista renova ambiente de data analytics e reduz os custos de processamento de dados

Cenário

Com mais de 300 unidades em todo o País, um dos maiores grupos varejistas brasileiros foi levado pela pandemia a acelerar tremendamente seu processo de transformação digital. Uma das frentes mais importantes era a da centralização dos diversos canais e plataformas de atendimento ao cliente, que tinha o objetivo de integrar cada vez mais os clientes – tanto online quanto físicos – permitindo que eles fossem conhecidos pela empresa.

Na prática, isso significava atender o cliente na loja, no site, via WhatsApp, chat ou telefone, integrando todos estes canais dentro de uma mesma ferramenta. A centralização deste atendimento se deu com o uso do Microsoft Dynamics. Todos os dados relativos aos clientes e suas interações com a rede gerados nas operações de comércio eletrônico eram armazenados e processados na plataforma Azure Databricks, utilizando o modelo de reserva.

Com o crescimento das operações online, cresceu também o volume de informações a serem processadas, o que faria com que o consumo de reserva se esgotasse até o final de 2021. Com isso, a companhia contou com a Logicalis – sua parceira para projetos Microsoft – para fazer a renovação da reserva de processamento do Databricks, garantindo o atendimento ao crescimento da demanda.

Solução

A renovação da reserva também era um fator importante para o processo de migração do ambiente da rede para a nuvem Azure Microsoft: a reserva maior era uma necessidade para a continuidade da migração.

Após uma análise do cenário do cliente e suas demandas – e de sua previsão e crescimento – a Logicalis propôs uma ampliação do crédito anterior, que era de 350K DBCUs (Unidade de Confirmação do Azure Databricks) para 1M DBCUs, permitindo ao cliente incrementar o uso de serviços Databricks e acelerar o time-to-value Azure Databricks.

Além disso, ao ampliar a reserva, o cliente teria acesso a uma condição comercial ainda melhor que a anterior, resultando em uma redução de 33% em relação ao preço de um contrato ano a ano, por exemplo. Isso graças a um desconto, que vai variar de 27% a 30%, por causa do aumento no volume de DBCUs.

A renovação foi feita por meio de um contrato de três anos e a implementação foi realizada dentro do prazo determinado pelo cliente, comprovando a sinergia da parceria Logicalis, Databricks e Microsoft. Com a renovação, o cliente deu continuidade ao seu processo de migração para a nuvem. No momento, estão migrando seu sistema de BI (Business Intelligence) para o Databricks, consolidando todas as informações em uma única plataforma.

Benefícios

Além da ampliação no desconto pelo maior volume de DBCUs, o novo contrato dá ao cliente um Engenheiro de Customer Success designado, que será o responsável pelo aconselhamento técnico proativo – por meio do Programa de Customer Success – para estabelecer as melhores práticas de utilização da plataforma.

Ele também traz um Arquiteto de Solução Residente como parte do Programa de Clientes Estratégicos, que vai dar assistência aos times internos do cliente para acelerar o time-to-value e o ROI (Retorno sobre o Investimento) dos projetos. O cliente também receberá suporte da Databricks na criação de novas arquiteturas que suportarão novos casos de uso.

Com estes ganhos, a expectativa é que o projeto atinja objetivos como agilizar o ROI de novos casos de uso ligados ao negócio; mitigue riscos; amplie o alinhamento entre o cliente, a Microsoft e a Databricks; e aumente o engajamento do time técnico da Databricks para apoio em demandas e projetos.