Projeto de data analytics da Logicalis otimiza atuação de promotores de farmacêutica 

Cenário 

Atuando no Brasil há mais de um século, uma das maiores indústrias farmacêuticas do mundo tinha pela frente o desafio de otimizar as visitas que seus promotores faziam a médicos. Ao analisar o método de trabalho desses profissionais, a companhia percebeu que o uso efetivo de análise de dados poderia ajudá-la. 

Como regra geral no setor, os promotores trabalham de maneira intuitiva. Se um profissional tem 500 médicos em sua área de cobertura, ele deve visitar todos eles. O que a companhia percebeu é que, a partir de uma análise das prescrições médicas feitas em cada área e das vendas de seus medicamentos nas farmácias daquela região, seria possível determinar onde os esforços de vendas precisariam ganhar maior foco e onde seria necessária apenas uma manutenção do relacionamento.  

Para colocar a ideia em prática, a empresa desenvolveu uma prova de conceito junto com a Microsoft, que resultou em uma solução analítica hospedada na nuvem Azure. Com a necessidade de aumentar a demanda no projeto, inicialmente realizado apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro, as duas empresas decidiram envolver um parceiro que tivesse capacidade técnica para ampliar as funcionalidades e o alcance da solução. 

Solução

A própria Microsoft indicou a Logicalis para assumir a implementação do MVP (Mínimo Produto Viável), com o objetivo de estender e fortalecer a configuração da plataforma, com foco na medição e na validação da força de vendas junto a um modelo analítico, que permite otimizar a atuação dos promotores e aumentar sua efetividade, isso por meio do histórico de sucesso das visitas e alavancagem das vendas.

Para isso, a Logicalis assumiu o gerenciamento do desenvolvimento da plataforma de Data Analytics para a criação de modelos preditivos e, também, a implementação desses modelos. Na prática, o time de desenvolvimento da Logicalis está colocando uma camada a mais de recursos no que já havia sido desenvolvido, permitindo a análise de novas bases terapêuticas ou territórios, além do Rio de Janeiro e de São Paulo, a aplicação das recomendações de alocação de canais e um mix de interação em cada território.

Além disso, a Logicalis também assumiu o gerenciamento de todas as informações que estão sendo processadas dentro da Azure, garantindo assim o desenvolvimento e todo o fluxo de dados durante o decorrer do projeto.

Benefícios

O novo sistema ainda passará por uma nova prova de conceito antes da implementação do MVP, mas os testes realizados até aqui apresentaram bons resultados, com ganhos nas regiões em que ele foi utilizado. Com a entrada em operação, a expectativa da farmacêutica é poder medir os resultados de vendas em determinadas regiões a fim de implementar melhorias de seus processos.

Outros ganhos esperados são a otimização de ações de marketing, com projetos mais efetivos e direcionados para cada localidade, gerando uma redução nos custos da operação em médio e longo prazo. Além disso, a empresa também terá um maior entendimento sobre os dados coletados, com a visualização das informações em dashboards que poderão gerar insights importantes para realizar investimentos mais precisos.