Logicalis integra Cisco Webex e Microsoft Teams em um dos maiores operadores portuários do país

Cenário

A responsável pela operação de um dos maiores terminais privados de minério de ferro do País já movimentou mais de 100 milhões de toneladas do produto. Parte da gestão desta operação dependia da comunicação eficiente entre o terminal e o escritório da empresa.

Para isso, há alguns anos a empresa contava com um ambiente de teleconferência Cisco. Com o passar dos anos, o modelo de operação do sistema foi se tornando obsoleto exigindo, para cada videoconferência, a discagem manual do endereço IP dos participantes. O processo, muitas vezes, dependia de um profissional de TI. Além disso, o sistema não se integrava ao ambiente Microsoft, prejudicando a produtividade dos envolvidos.

Para solucionar o problema, a companhia decidiu que o sistema deveria migrar para nuvem e se integrar ao Microsoft Teams, permitindo que novas reuniões fossem agendadas por ali, iniciando a busca por um fornecedor que executasse o projeto.

Solução

Identificando pelo site da Logicalis a expertise da empresa sobre o tema, a companhia selecionou-a para passar por um rigoroso processo de seleção, do qual foi a escolhida para a atualização e integração do novo sistema de videoconferência. O principal diferencial para a escolha foi a transparência na apresentação do projeto. Ao contrário de outros concorrentes, que colocaram ali uma complexidade inexistente, a Logicalis dimensionou o serviço exatamente como seria executado.

Para isso, o time da Logicalis utilizou as melhores práticas de execução, implantando um sistema integrado, a partir do qual todos os usuários terão a experiência de agendar uma reunião diretamente no Microsoft Teams. Para isso, foram adquiridas cinco licenças para duas salas de reunião, cada uma delas com capacidade para até 10 participantes simultâneos.

Benefícios

Assim que entrar em operação, os usuários poderão agendar reuniões no Microsoft Teams e, automaticamente, realizá-la na tela do endpoint de videoconferência da Cisco. Com a integração, basta ao usuário entrar na sala agendada, dar um clique e iniciar a reunião.

A expectativa é que o novo sistema de videoconferência dê mais agilidade às reuniões do cliente, além de reduzir a necessidade da presença de profissionais de TI para sua realização. A simplificação do processo também elimina a necessidade de discagem e digitação de endereços IP, mudando completamente a experiência e a capacidade de conectar as pessoas durante as reuniões. Na prática, o cliente ganha agilidade, conveniência, conforto e produtividade.