Logicalis assume expansão de infraestrutura de rede de um grande banco digital

Cenário

Uma das maiores instituições financeiras online do Brasil vem realizando há alguns anos sua jornada de transformação de banco digital para plataforma de serviços integrados. Nesse processo, ampliou seu app oferecendo, além de serviços financeiros, também a possibilidade de seus clientes realizarem compras online ou receberam cashback.

Um dos resultados dessa transformação foi a conquista da marca de mais de 10 milhões de clientes. Esse crescimento trouxe novos desafios para a área de TI, que este ano se viu diante da necessidade de expandir sua infraestrutura de rede, adquirindo novos equipamentos, e de ampliar sua cobertura Wi-Fi. A expansão deve atender três andares na sede da instituição e o novo escritório em São Paulo, que estão sendo preparados para receber novos colaboradores.

A própria área de TI da instituição definiu a Cisco como a principal fornecedora dos novos equipamentos, e escolheu a Logicalis como a responsável pela definição dos modelos mais adequados à topologia existente.

Solução

Cliente da Logicalis desde 2010, o banco vê o fornecedor atualmente como seu trusted Advisor para as áreas de rede, infraestrutura de TI e segurança da informação. A partir da análise da topologia, ficou definido que a expansão seria feita com os switches da família Cisco Catalyst C9200L, de 48 portas; Access Points internos e externos Cisco Aironet 28021; e transcievers Cisco.

Todos os equipamentos escolhidos são Advantage, possibilitando a implementação futura da topologia Cisco DNA Center. A Cisco DNA (Digital Network Architecture) é uma arquitetura de rede autogerenciável e inteligente, com soluções integradas de hardware, software e aplicações para redes corporativas, em uma estrutura de gestão eficiente que pode ser feita até mesmo fora do data center. Sendo parte desta nova estrutura de rede, o componente de gerenciamento e orquestração chamado de DNA Center é responsável por toda a infraestrutura de switches, roteadores e produtos sem fio.

Isso dará ao cliente a capacidade de elevar o nível de orquestração da tradicional interface de linha de comando (CLI) para uma rede definida por software, chamada SDN (Software Defined Networking), para que o time de TI possa se concentrar na definição e implementação das políticas de negócios, em vez de trabalhar na CLI de baixo nível.

Benefícios

A previsão é de que o projeto de expansão da rede do cliente esteja concluído até o final do primeiro semestre de 2022. A partir da entrada em operação da nova rede, a expectativa é que cliente conclua a reestruturação de seu espaço físico, deixando-o pronto para garantir o retorno dos colaboradores e, principalmente, sua produtividade e conectividade.